Dia dos Solteiros: dá pra comemorar?

Para quem vai estar sozinho é importante ressaltar o amor próprio e ser feliz

No dia 15 de agosto é comemorado o Dia do Solteiros, mas a data costuma passar batido por não ter um apelo comercial como o que acontece no Dia dos Namorados. Mas por que não? Por que não utilizar a data para comemorar e relembrar o amor próprio e até mesmo mimar a si mesmo?

Não existe nenhum problema em estar solteiro e aceitar a data como uma oportunidade para focar em si mesmo. O escritor, terapeuta transpessoal e pesquisador João Gonsalves destaca outras importância de cultivar o amor próprio.”Existem muitos outros benefícios, como manter boa saúde, ter melhores relacionamentos e manter um estado de paz interior. Ser uma essência amorosa e agir em coerência com essa essência traz um grande bem-estar ao corpo e à mente”.

É durante o tempo em que se está solteiro, que várias questões voltam à tona a respeito dos motivos da solteirice, ma é importante lembrar que o autoconhecimento gera inúmeros efeitos, entre eles o conhecimento sobre os sentimentos, o que faz bem e o que é bom para si, e esse autoconhecimento impede, muitas vezes, o início de uma relação desastrosa, que não é saudável e com alguém que não supre as necessidades do parceiro.

“O mais importante do que ter ‘pé no chão’ é ter amor próprio e, como consequência disso, a auto aprovação. Ao nos aprovarmos, nosso sistema já estará saudável e nos aproximará de pessoas que estão em harmonia conosco, e a paixão poderá ser vivida intensamente sem preocupações”, ressalta Gonsalves.

Então a lição que fica para o Dia dos Solteiros é essa: se ame, se cuide, se mime e se permita, você vai se sentir melhor sozinho e alguém vai querer te acompanhar nessa jornada.

Serviço: João Gonsalves

Terapeuta e Assessor de Autoconhecimento

Fone: (11) 98203-1215

E-mail: joaodedeusjd@uol.com.br

Site: www.joaogonsalves.com.br

Endereço: Estrada Manoel Lages do Chão, 1335 – Cotia – São Paulo