O que é funil de vendas online e quais as etapas para criar um?

A alta performance dos agentes de vendas nas empresas se baseia em muitas estratégias, e, uma delas é bastante conhecida no setor de marketing, além de ser importantíssima para área de vendas. Estamos falando do funil de vendas online, uma metodologia essencial para o acompanhamento do pipeline dos negócios.

A estratégia do funil de vendas baseado na técnica AIDA é muito utilizada, e mesmo com o avanço da tecnologia e tantas outras fórmulas de sucesso que surgiram, esse método ainda é bastante eficiente e funcional, sendo ele uma base essencial para as técnicas de atração e fidelização de clientes.

Essa ferramenta, que antes era planejada de maneira manual, ganhou hoje o formato online, que, acompanhando o fortalecimento e crescimento do comércio eletrônico, foi aplicada como recurso em plataformas de suporte e CRM de vendas.

Para você entender com mais precisão como o funil de vendas online pode ser aplicado no seu negócio, continue essa leitura! 

O que é funil de vendas?

Funil de vendas, também conhecido como pipeline, é uma ferramenta estratégica aplicada às áreas de marketing e vendas de um negócio, que serve para que a empresa acompanhe a jornada do cliente, desde o primeiro contato dele com o empreendimento, até a finalização de uma compra ou contratação de serviço.

Essa metodologia é antiga, e foi citada pela primeira vez por Elias Elmo Lewis, em 1898, quando sua estrutura orientava os profissionais de vendas a:

  • atrair a atenção dos leads, manter o interesse deles pelo seu produto ou serviço, criar a sensação de desejo pelo produto, e então gerar a ação de comprar.

Com os elementos de atração, interesse, desejo e ação surgiu a técnica conhecida como AIDA, que é a base do que chamamos hoje de funil de vendas.

E funil de vendas online, o que é?

O funil de vendas online, também conhecido como funil de vendas e-commerce, é a evolução do tradicional funil de vendas, utilizado hoje no acompanhamento do processo de vendas que acontecem pela internet.

O principal objetivo do funil de vendas online é permitir que os negócios acompanhem o pipeline das equipes de vendas, pois, com esse acompanhamento da jornada de compra dos clientes, a criação de estratégias comerciais para o e-commerce são potencializadas, e os resultados ampliados.

Como criar um funil de vendas online?

A primeira coisa que se deve saber ao criar um funil de vendas online, é que esse método é desenvolvido em etapas, e são essas etapas que conheceremos a seguir.

1.ª etapa — definindo o topo do seu funil

A primeira etapa de um funil de vendas está diretamente alinhada à primeira experiência que um visitante tem com sua empresa, e como sabemos, a oferta de boas experiências pode ser determinante para a atração de um provável cliente.  

Nessa fase da estratégia de funil de vendas e-commerce, normalmente os leads chegam até as empresas por meio de indicações, pesquisas em sites de busca, ou motivados por algum tipo de propaganda na internet.

O primeiro contato é determinante para que um visitante se interesse ou não em desenvolver uma relação com o negócio.

2.ª etapa — criando interesse nos visitantes

O segundo passo, após um primeiro contato atrativo e encantador, é criar interesse nos visitantes, para que assim eles busquem mais informações sobre seus produtos ou serviços.

Na internet, uma tática usada pelos negócios para criar mais interesse em produtos, e começar a estimular o desejo dos visitantes por uma solução, é disponibilizar conteúdos ou amostras do “o que” a solução vendida pela empresa é capaz, e como ela pode auxiliar essa pessoa em seu problema.

Essa é uma forma dos empreendimentos conseguirem algum tipo de informação sobre esses visitantes, e então iniciar a nutrição desses leads, a fim de mostrar para esses possíveis clientes como a solução oferecida é exatamente aquilo que eles procuram.

3.ª etapa — nutrindo os leads

Quando um lead apresenta interesse real por um produto ou serviço, ele demonstra estar na fase do desejo no funil de vendas online, é nessa etapa que a empresa deve iniciar a nutrição desse lead.

Se a sua empresa já tem informações sobre o lead, já entende que ele busca por aquilo que você oferece, é chegado o momento de despertar o real desejo desse consumidor em seu produto. 

E isso deve acontecer por todas as maneiras disponíveis de atração, que mostrem para esse cliente que a sua empresa é a melhor oferecendo o produto ou serviço que ele procura.

4.ª etapa — estimulando a ação

Por fim, a última etapa do funil de vendas online tem relação direta com a realização de uma boa nutrição de leads, que tem como resultado a transformação de visitantes em clientes, que depois de bem informados e encantados, realizam a ação da compra.

Chegar a esse ponto do funil demonstra a capacidade estratégica da equipe de vendas em fechar negócios. Essa eficiência é muito importante para os empreendimentos, pois, segundo dados do blog Outbound Marketing, apenas 25% dos visitantes se tornam clientes, mesmo após a passagem por todas as etapas do funil de vendas online.

Dicas para criar um funil de vendas online eficiente na sua empresa

Apesar de criar um funil de vendas parecer algo fácil, é importante que o negócio avalie e planeje todas as possibilidades de persuasão, resultados, e formatos de atração e retenção de clientes.

Além disso, considerando o grande alcance que as vendas em e-commerce podem ter, é fundamental que sua empresa prepare boas estratégias de marketing de conteúdo, a fim de alcançar seus leads e educá-los da melhor forma possível.

Outro fator que precisa ser considerado é a capacidade do atendimento do negócio. Quanto mais omnichannel forem as possibilidades de relacionamento da empresa com os consumidores, maiores serão as chances do empreendimento ter bons resultados.

Por fim, alinhando um bom planejamento ao monitoramento dos indicadores de satisfação e conversão de clientes, uma boa ferramenta CRM de vendas, e uma equipe bem treinada, a possibilidade de o funil de vendas online não obter bons resultados é praticamente nula.

Portanto, se a sua empresa ainda não utiliza essa estratégia, é uma boa hora de começar a implementá-la ao processo de atração dos seus clientes. Pense nisso!