O que é bom para matar micose de cachorro?

O que é bom para matar micose de cachorro?

A micose de cachorro é uma infecção bastante comum presente nos cães e também em nós humanos. Os cães têm o hábito de se coçar, no entanto, caso sejam coceiras frequentes pode ser um sinal de alguma doença, como é o caso da micose.

Para deixar você informado sobre a micose de cachorro, nossa equipe da DrogaVET separou os sinais da infecção e quais os tratamentos mais adequados para combater essa condição. Saiba mais lendo o texto.

O que é a micose de cachorro?

A micose de cachorro, também conhecida como dermatofitose, é uma infecção que afeta a pele dos cães. A micose mais comum em cães é causada pelo fungo Microsporum canis, transmitida através do contato com cães infectados ou de um objeto de um animal infectado.

Saiba mais +Veja quais são os produtos pet mais vendidos no mercado, de cosméticos a acessórios

Esses fungos crescem nas camadas externas da pele dos animais, como os folículos capilares. A infecção possui características superficiais e na grande maioria dos casos a micose ataca partes específicas do corpo.

Causas da micose canina

‌A micose de cachorro é transmitida pelo contato com os fungos ou com o contato de um animal infectado, entretanto o cão pode ser infectado por pessoas, comida, objetos que estejam contaminados pelos fungos. Existem três fungos que causam a dermatofitose e são eles: Microsporum canis, Microsporum gypseum e Trichophyton mentagrophytes.

A doença acomete com mais facilidade os cães jovens e os esporos desses fungos são os responsáveis pela propagação da doença. Ela se espalha pela queda dos pelos que estão infectados e também pode se espalhar pelo derramamento dos cabelos.

Saiba mais +Seu animal de estimação invade seu jardim? Confira táticas para evitar

Sintomas da micose

A micose não possui nenhum tipo de risco de vida ao cachorro, entretanto os cuidados devem ser rápidos para ter uma boa eficácia. Para identificar a doença, é preciso se atentar aos sintomas listados abaixo:

  • Alopecia;
  • Vermelhidão;
  • Odor forte na pele;
  • Surgimento de lesões circular na pele;
  • Inflamação nas dobras das unhas(todas);
  • Surgimento de crostas amareladas.

No entanto, é essencial ficar atento aos sintomas para não confundir a micose com a sarna demodécica. Além disso, esses sintomas podem apresentar doenças mais graves como a Síndrome de Cushing (Hiperadreno) e hipotireoidismo. 

O que é bom para matar micose de cachorro?

‌O tratamento da micose de cachorro, apesar de ser simples, pode levar de 1 a 3 meses a depender do quadro de infecção. Nesses casos, o veterinário deve orientar os tutores no tratamento do animal, por isso é importante levar ao veterinário ou a uma loja veterinaria próxima para ter um tratamento adequado.

Saiba mais +Curiosidades Interessantes sobre Árvores

Entretanto, existem tratamentos alternativos que podem ser usados como complementares para combater a infecção. Esses remédios podem ser muito eficientes, mas é recomendável seguir com o tratamento aplicado pelo veterinário. Vinagre, óleo de coco e probióticos são alguns desses tratamentos alternativos para combater a micose.

Micose canina pega em ser humano?

A doença é muito temida pelos tutores por ser altamente contagiosa. Vale destacar que a micose não é uma infecção exclusiva nos cães, podendo afetar outros animais e até mesmo os humanos. 

A micose é uma zoonose, ou seja, transmitida entre animais para os humanos. Esses tipos de doenças podem ser transmitidos por lambidas, mordidas e agentes infecciosos presentes nas fezes do animal. Outras doenças mais comuns com as mesmas características infecciosas são a leptospirose e raiva.

Saiba mais +7 doenças caninas comuns e como tratá-las

Como prevenir a micose canina?

Nesse sentido, para prevenir o cachorro da micose é essencial que o cão esteja com a vacinação em dia, alimentação balanceada, limpeza do canil ou em áreas que o cão costuma dormir em dia, boa higiene e evitar contato com animais infectados. 

O tratamento e diagnóstico do veterinário são essenciais para a saúde do cão, por isso é importante o tutor tomar o devido cuidado com seu bichinho. Se você perceber esses sintomas no seu cãozinho, leve-o até a DrogaVET mais próxima com a receita em mãos para adquirir o tratamento ideal e mais confortável para o bichinho!

É importante sempre ficar atento aos sinais que os animais apresentam para identificar a doença, facilitando o diagnóstico e impedindo o contágio a outros cães, animais e pessoas. Por isso é de extrema importância levar ao veterinário os sinais apresentados pelos bichinhos e contar com a DrogaVET no tratamento!